Camisa Masculina Estampada – 4 dicas de como usar!
13 de dezembro de 2018
Viagem marcada? Saiba como curtir as férias e deixar a casa em segurança!
13 de dezembro de 2018

Dieta do Ovo – Conheça uma alternativa para quem busca o emagrecimento rápido!

Já escutou falar da dieta do ovo? Bom, ela está na lista de tantas outras que vêm surgindo na Internet. Porém, essas dietas são confiáveis? São opções saudáveis para qualquer pessoa? A nutricionista Ana Paula Alegretti esclarece todas essas dúvidas e a equipe do Hype compartilha com você. Saiba mais, é só descer um pouco mais e conferir!

1.Como funciona a dieta do ovo?

A dieta do ovo veio tem o propósito de reduzir o consumo de carboidratos e aumentar a ingestão de proteínas e gorduras boas, a partir do ovo, principalmente cozido. A ideia é comer um ovo antes das principais refeições, café da manhã, almoço e jantar, por um certo tempo, normalmente durante uma semana e dessa forma o alimento saciará a fome por meio da proteína.

O ovo é um alimento fonte de proteína de qualidade, por possuir aminoácidos fundamentais. Por essa razão oferece uma maior sensação de saciedade. A clara do ovo é rica em albumina, que auxilia na reparação dos músculos. Enquanto a gema tem muitos nutrientes, é fonte de ferro, ácido fólico, lecitina, antioxidantes, ômega 3, vitamina B, E, etc.

2.Benefícios

Por ser um alimento completo, o ovo oferece vários benefícios para o organismo, quando consumidos na quantidade recomendada, de acordo com indicação profissional. Dentre os benefícios estão o aumento da sensação de saciedade, auxílio no ganho de massa magra, combate a flacidez, atua na saúde cerebral, reduz a produção de açúcares, mantendo o controle da glicose e é fonte de vitaminas e proteínas indispensáveis.

Por esse motivo, os especialistas indicam que o alimento é um ótimo aliado para quem deseja emagrecer rápido. Porém, cada organismo é diferente, então procure um nutricionista antes de começar qualquer dieta, combinado?

3.Cardápio

A dieta do ovo é restritiva e não é indicada para ser feita por muito tempo. A nutricionista indica beber bastante água entre o intervalo das principais refeições, assim como investir em chás naturais e diuréticos para manter a hidratação. Para que o consumo dos carboidrato seja reduzido, não é recomendado nenhum lanche para os intervalos das refeições.

O ideal é que a dieta seja seguida por dias consecutivos, 5 a 7 dias e os alimentos podem mudar de acordo com a saciedade de cada paciente. Veja a seguir o cardápio para uma semana:

Segunda-feira

  • Café da Manhã: 2 ovos e 1 xic. de café sem açúcar.
  • Almoço: 1 ovo cozido, uma porção de bife patinho grelhado e salada a gosto.
  • Jantar: 1 ovo cozido, sala de tomate e 1 fruta cítrica.

Terça-feira

  • Café da Manhã: 2 ovos cozidos e 1 xic. de café sem açúcar.
  • Almoço: 1 ovo cozido, 1 filé de frango grelhado e salada verde.
  • Jantar: 2 ovos cozidos, salada e 1 fruta cítrica.

Quarta-feira

  • Café da Manhã: 2 ovos cozidos e 1 fruta cítrica.
  • Almoço: 2 ovos e legumes cozidos.
  • Jantar: Salada e peixe grelhado.

Quinta-feira

  • Café da Manhã: 2 ovos cozidos e 1 xic. de café sem açúcar.
  • Almoço: 2 ovos, legumes cozidos e 1 fruta a gosto.
  • Jantar: Salada verde e peixe grelhado.

Sexta-feira

  • Café da Manhã: 2 ovos cozidos e 1 fruta cítrica.
  • Almoço: 2 ovos cozidos, salada e 1 porção de carne vermelha.
  • Jantar: 1 ovos, legumes cozidos e 1 fruta cítrica.

Sábado

  • Café da Manhã: 1 ovo cozido, 1 xic de café sem açúcar e 1 fruta cítrica.
  • Almoço: 2 ovos cozidos, 2 fatias de batata doce cozida e salada.
  • Jantar: 2 ovos cozidos, salada e 1 fruta cítrica.

Domingo

  • Café da Manhã: 2 ovos cozidos, 1 xic. de café sem açúcar.
  • Almoço: 1 ovo cozido, 1 filé de frango grelhado, salada e 1 fruta cítrica.
  • Jantar: 2 ovos e legumes cozidos.

4.Cuidados e contraindicações

A dieta pode ser muito radical para organismos que não estão acostumados com uma alimentação restritiva. Apesar da sua carga nutricional ser ótima, a redução da ingestão de alimentos ricos em carboidratos, que são fonte de energia, podem causar efeitos como cansaço, dor de cabeça, fraqueza e tontura. Se os sintomas se agravarem, procure um profissional. Atenção: mulheres grávidas e lactantes não podem fazer esta dieta.

Por fim, a dieta do ovo é uma ótima alternativa para quem busca perder alguns quilos com rapidez, além de ser livre de medicamentos. Porém, é preciso força de vontade, hein?!

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *