Guia de fantasias sexuais para eles e elas
2 de julho de 2015
Kim Kardashian na Rolling Stone
3 de julho de 2015

Na hora de higienizar a comida, muitas mulheres (e alguns homens) não sabem como proceder para evitar o aparecimento da salmonela. Estas bactérias bem como outros agentes que danificam o alimento podem ser facilmente retirados com a ajuda de um desinfetante e melhor: sem que ele necessariamente agrida ao meio ambiente com sua tóxica composição.Pensando nisso, o Portal No Pátio traz uma ótima notícia para quem não quer, além das razões já citadas, passar horas escolhendo o melhor tipo no supermercado: que tal criar o próprio desinfetante? Sem dúvida, é uma maneira bacana e sustentável de contribuir para o bem do planeta, além de super prática.

A “receita” que ensinaremos foi desenvolvida em um laboratório de pesquisa, nos Estados Unidos. Inicialmente, para remover salmonela das carnes e vegetais, mas também funcional para outros objetivos. Vamos aos ingredientes:

  1. 100 ml de água oxigenada (10 volumes)
  2. 250 ml de vinagre branco
  3. 250 ml de água
  4. 1 frasco com capacidade para 500 ml
  5. 1 bico de pulverização (caso a embalagem não tenha)

Para preparar o desinfetante caseiro, você vai:

Colocar a água e o vinagre branco no frasco. Em seguida, bote o bico pulverizador. Se o uso for urgente, procure a área que precisa ser limpa e despeje um pouco da água oxigenada. Na sequência, borrife o vinagre diluído.

dicas-verdes-eco-friendlyLembramos que além da higiene dos alimentos, das carnes e vegetais, você também pode utilizar esse desinfetante como antisséptico em pequenos ferimentos (é, ele age como merthiolate!), além de esterilizar frutas e legumes (só não esqueça de lavá-los com água, após o uso).

Passe a dica adiante, para familiares e amigos (ou indique o Portal!). É importante que todos façam a sua parte, mesmo que minimamente, em prol do meio ambiente, inclusive, em prol de si mesmo, por um dia a dia mais saudável e uma melhor qualidade de vida! Seja Eco-Friendly!

 

Fotos: Reprodução

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *