dever de casa
Escola troca dever de casa por fazer um ato de bondade
3 de fevereiro de 2020
Clareamento Dental – Mitos e Verdades sobre o tratamento
3 de fevereiro de 2020

Beachwear sustentável – 5 marcas para conhecer já

Se você tá lendo essa matéria do sul ou sudeste do país pode até achar que é brincadeira. Porém para a galera do norte e nordeste o sol continua raiando e sempre é hora para uma boa praia. E para atualizar a sua lista, selecionamos cinco marcas sustentáveis de beachwear que estão unindo moda, design e sustentabilidade de um jeito incrível. Vem conferir com o Hype!

1 – LEVH

Falamos da LEVH recentemente aqui no Hype. A marca carioca de beachwear criada em maio de 2018 pela estilista Melissa Granado e pelo engenheiro e surfista Raphael Almeida tem a sustentabilidade como principal pilar. Além de utilizar materiais biodegradáveis, a LEVH inova ao ser a primeira no Brasil a usar um tecido (desenvolvido pela empresa italiana Econyl®) feito a partir do nylon regenerado de redes de pesca e outros tipos de nylons descartados na natureza.

2 – Bikiny Society

A Bikiny Society é uma marca de beachwear cearense que traz na escolha dos materiais e na inspiração do lifestyle o modo sustentável. Com identidade forte, a marca apresenta uma moda praia perfeita para a mulher contemporânea. As fibras naturais são sempre as escolhas da Bikiny Society.

3 – Florita Beachwear

Radicada em Londres há quatro anos, Júlia Almeida-Bailey trocou a carreira de atriz global pela de empresária ao lançar a Florita, grife de beachwear sustentável made in Brazil. A ideia nasceu da vontade de Júlia de mudar de área após se estabilizar na capital inglesa e de resgatar um estilo de vida mais natural. As peças são feitas com tecidos biodegradáveis e de garrafas PET, as sobras são reutilizadas, e todo processo de produção é pensado para reduzir o impacto no meio ambiente. “Precisamos tomar conta do que a natureza nos oferece”, diz. Júlia também promove eventos no Brasil em prol do meio ambiente. O próximo será uma coleta de lixo na praia do Leblon, no Rio (no Posto 12, no dia 17/08 às 8h), seguida de uma venda especial das peças no quiosque do posto.

4 – Flee

Lançada em 2015 por um coletivo improvável (os engenheiros cearenses César Cunha, Leonardo Esmeraldo e Orlando Lustosa, o designer Breno Braga e a professora Cássia Lustosa), a Flee utiliza materiais biodegradáveis e trabalha com upcycling, reaproveitando sobras em novas peças. Para o verão 2020, batizado de Fruta Nativa, a label fez uma parceria com a influencer Paulinha Sampaio, que é cearense, assim como a marca de beachwear.

5 – Marju

Apaixonadas por praia e com experiência no mercado de moda, as irmãs cariocas Cecília e Mariana Correia decidiram criar a Marju, em 2016. As malhas usadas nos biquínis, maiôs e saídas de praia são biodegradáveis e têm proteção UV. Até a embalagem das peças é sustentável, desenvolvida com algodão reciclado. Destaque para os biquínis em tie-dye feitos à mão, uma das tendências da temporada! A Marju também já passou por aqui, lembra? A marca de beachwear desfilou no terceiro dia do Dragão Fashion 2019!

Quais dessa lista você já conhecia? Conta pra gente!

Fotos: Reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *