COP 19 estabelece acordo sobre desmatamento em países pobres
25 de novembro de 2013
IV Seminário de Patrimônio Cultural
26 de novembro de 2013

images

Nesta terça-feira (26/11), a partir das 14h, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia Móvel, que investiga denúncias de abuso e mau serviço prestado pelas operadoras no Ceará, ouvirá representantes da operadora Claro. A reunião será no Complexo de Comissões Técnicas da Assembleia Legislativa.

 A CPI já recebeu a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), do Estado, as empresas Oi, TIM e pesquisadores do Grupo de Pesquisa em Telecomunicações Sem Fio (Getel) e professores do Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará (UFC).

A reunião pode ser acompanhada pela TV Assembleia (canal 30), FM Assembleia (FM 96,7 MHz) e também pelo subdomíniocpi.al.ce.gov.br. O consumidor poderá interagir com os deputados da Comissão fazendo perguntas.

“Esta tem sido a oportunidade do usuário acompanhar as razões pelas quais o serviço é mal prestado, apesar do alto preço pago pela população”, afirmou o presidente da CPI, deputado Welington Landim (Pros). “Qualquer cidadão pode comparecer à reunião como ouvinte”, completou.

Também integram a CPI os deputados Professor Pinheiro (PT / vice-presidente); Fernando Hugo (SDD / relator); Mirian Sobreira (Pros); Delegado Cavalcante (PDT); Idemar Citó (DEM); Danniel Oliveira (PMDB); Osmar Baquit (PSD) e Mário Hélio (PMN).
AP//LF

 

Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *