telefone
5 histórias bizarras de pessoas que morreram por causa do telefone
3 de maio de 2021
Faustão na Band: contratação é confirmada pela emissora
3 de maio de 2021

Empresa cria carro elétrico para pessoas com mobilidade reduzida

mobilidade reduzida

A gente sabe que carros adaptados para pessoas com mobilidade reduzida não são simples de se conseguir. Apesar delas terem benefícios como redução de preços e impostos, o processo de adaptação e aquisição ainda bem longo e burocrático. Isso sem contar que dirigir um carro adaptado também não é tão simples quanto possa parecer. Então, em tempos em que a tecnologia tão avançada, o uso dos carros elétricos pode ser de grande ajuda para quem tem problemas de mobilidade se transportar de forma mais independente. E já tem uma empresa trabalhando em um carro elétrico focado justamente neste público.

A Community Cars é uma empresa britânica que tem investido no desenvolvimento de carros elétricos que auxiliem pessoas com mobilidade reduzida. É certo que carros elétricos ainda não são uma realidade para a maioria da população, mas no caso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida eles são uma das melhores opções no mercado. Então, com isso em mente, a empresa desenvolveu ou Kenguru, um veículo elétrico feito especialmente para pessoas com mobilidade reduzida.

Criado e pensado para cadeirantes

Um dos primeiros aspectos que chamam atenção no Kenguru é seu design. Isso porque ele foi desenvolvido de forma que um cadeirante consigo entrar nele sozinho, sem precisar sair da cadeira. A porta traseira se abre, e as pessoas acessam o interior do carro através de uma rampa. Todos os comandos são na altura das mãos e o veículo não tem pedais. O motorista consegue acelerar, frear, utilizar os comandos de setas e demais funções de veiculo com as mãos, através de um guidão. A velocidade máxima chega aos 45 km por hora com uma bateria que lhe dá autonomia de pouco mais de 100 km. O carregamento total pode ser feito em 8 horas.

mobilidade reduzida

Com design inovador, o veículo consegue levar apenas uma pessoa e alguns objetos em seu interior. Apesar do espaço reduzido, a ideia é dar autonomia ao cadeirante, então modelo cumprir aquilo a que se propõe. Outro diferencial é o preço. Isso porque como quem curou é focado em pessoas como mobilidade reduzida e deficientes, e também é elétrico , ele conta com apoios governamentais em sua produção. Ou seja, ele é vendido em média por US$25.000.

Infelizmente, não a previsão do modelo ser fabricado muito menos vendido em outros países, incluindo o Brasil. Mas já é possível sonhar com mais modelos do estilo feito por outras empresas.

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *