4 dicas para ter mais espaço dentro de casa, saiba mais!
29 de novembro de 2017
Crianças em Casa – Conheça sete brincadeiras para diverti-las!
29 de novembro de 2017

Prefeitura inaugura primeiro Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas do Centro de Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio inaugurou o primeiro Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) localizado no Centro de Fortaleza, na manhã desta terça-feira, 28. O equipamento, construído em região estratégica, tem como objetivo atender pessoas em situação de vulnerabilidade social nesta área da Cidade.

No local, o gestor ainda compartilhou novidades, como o lançamento de edital para profissionais da área e futura inauguração de mais duas unidades de acolhimento para dependentes químicos.

“Este é mais um CAPS especificamente para a população usuária de álcool e drogas. Tem uma localização estratégica, no Centro da Cidade, onde temos o maior número de moradores de ruas. Muitas dessas pessoas que vivem em situação de rua acumulam também o problema com dependência química. Este equipamento cumprirá um papel social importantíssimo para essas pessoas. Acreditamos que ele, somado a um novo abrigo para moradores de rua aqui no Centro, poderá dar um novo futuro, nova perspectiva para essas pessoas”, afirmou o gestor.

Com perfil de atendimento voltado para as fortalezenses com problemas relacionados ao uso abusivo de álcool e outras drogas, a nova sede do CAPS AD conta com uma equipe multiprofissional completa, formada por médico, psicólogo, enfermeiro, terapeuta ocupacional, técnico de enfermagem, assistente social, entre outros profissionais que auxiliam o acompanhamento desses usuários.

O CAPS AD conta com salas de acolhimento, enfermagem, Núcleo de Atendimento ao Cliente (NAC), além de sala para reuniões em grupo, biblioteca e consultório e está equipada com novo mobiliário, amplo espaço de convivência e atendimento diário de 8:00 horas às 17:00 horas.

Entre os serviços ofertados, estão acolhimento, atendimento clínico e psicológico, apoio individual e coletivo, troca de experiências, dinâmicas e atividades lúdicas com grupos de arte, música, família, relaxamento, redução de danos, terapêuticos, educação e saúde, imagem e cidadania, tabagismo, entre outros.

Além do atendimento, Joana Maciel, secretária da Saúde, lembrou que são desenvolvidas ações de prevenção. “A equipe trabalha com esses pacientes e faz, também, toda uma ação de prevenção. Vamos trabalhar, com equipe de consultório e nas ruas, composta por psicólogos, enfermeiros e assistentes sociais, para acolher os pacientes e fazer com que eles tenham, próximo de onde estão, um tratamento e acompanhamento adequado para que se recuperem e sejam reinseridos em suas famílias e sociedade”, disse.

No local, o Prefeito lembrou que há menos de dois meses foi lançado um Plano Municipal para a Saúde Mental, sendo a área uma das prioridades para a gestão nos próximos três anos. “Isso envolve novos equipamentos, como uma unidade para acolhimento para dependentes químicos que inauguramos recentemente e hoje, o CAPS AD. Inauguraremos mais duas unidades de acolhimento para dependentes químicos, vamos fazer reforma de equipamentos existentes, além de lançar um grande edital de contratação de pessoal, entre eles psiquiatras, psicólogos e equipe de apoio profissional para esses equipamentos. Estamos levando a todos os postos de saúde a regularidade do estoque mínimo de medicamentos e nosso compromisso é que em 2018 adaptemos também essa iniciativa às farmácias dos CAPS.

Com o novo CAPS, a Rede de Atenção Psicossocial do Município de Fortaleza (RAPS) passa a dispor de 15 Centros de Atenção Psicossocial, sendo seis CAPS gerais, sete CAPS AD (Álcool e Drogas) e dois CAPS Infantis, além de outros equipamentos.

 

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *