Problemas de saúde que podem fazer engordar
25 de Maio de 2016
Conheça quatro das principais leis ambientais brasileiras
25 de Maio de 2016

Como já disse Milton Nascimento: “amigo é coisa para se guardar de baixo de sete chaves”. Ainda mais sabendo os resultados de um estudo publicado recentemente no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences.

De acordo com cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, ouvir pessoas rindo ao mesmo tempo, nem que seja por um breve segundo, é capaz de determinar se uma amizade é verdadeira ou não. A pesquisa, que foi conduzida pelo especialista em comunicação Greg Bryant, buscou entender a importância da risada na comunicação e como esse artifício seria capaz de revelar a intensidade dos laços de amizade.

A pesquisa sugere que a risada pode ter tido um papel na forma que humanos colaboram uns com os outros. “Em espécies altamente cooperativas como as nossas, é importante para indivíduos identificarem alianças sociais corretamente”, afirmou Bryant. “Se a risada ajuda as pessoas a alcançar esse objetivo, é possível que ela tenha tido um papel no desenvolvimento da comunicação social, e na sua relação com interações cooperativas”, complementa.

Para chegar a esses resultados, os cientistas gravaram 48 áudios de estudantes da Universidade da Califórnia rindo. Alguns desses universitários eram amigos, outros não.

Amizade 2

Na etapa seguinte, os pesquisadores tocaram os áudios para 966 pessoas de diferentes partes do mundo. Em 61% dos casos, os participantes conseguiram identificar quais áudios eram de pessoas amigas, índice que foi para 80% quando as risadas eram de duas mulheres.

O pesquisador Greg Bryant constatou ainda que os tipos de risadas são produzidos por sistemas vocais diferentes e que cada um deles tem um objetivo diferente de comunicação. Dessa maneira, risadas espontâneas revelariam que a amizade é sincera e risadas forçadas expressariam que as pessoas envolvidas na conversa não se gostam tanto assim.

Agora é só sai contando piadas para os seus amigos e descobrir se eles são leais ou não.

 

 

 

 

Fotos: Reprodução. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *